SACALHO

2022
Published on DesignboomFeatured in the Young Design Generation Exhibition at the Roca Lisboa Gallery, Lisbon Design Week
Porto - Portugal, 2022
Designer: Guilherme GiantiniScientific Mentorship: Lígia LopesFabrication Mentorship: Jorge Lino AlvesProduct development support: LDPS – Laboratório de Desenvolvimento de Produto e Serviços (FEUP)Photography: Lígia Lopes
Sabe-se que o atual descarte de sacolas de algodão atinge o equilíbrio de seu impacto ambiental somente após 20.000 usos consecutivos. Isso significa que é necessário usar nossas sacolas diariamente por 54 anos para compensar a poluição de sua fabricação. Esses e inúmeros outros impactos decorrentes da crise ambiental têm se tornado cada vez mais urgentes e evidentes, conforme demonstrado recentemente pelas consequências sociais, políticas, econômicas e psicológicas causadas pela COVID-19 em todo o mundo. Assim, novas doenças como essa podem ser cada vez mais recorrentes se a mentalidade das atividades de extração, transformação e produção material associada a um modelo de desenvolvimento econômico e de produção do espaço urbano baseado na superexploração dos recursos naturais e na expansão das áreas urbanas e fronteiras agrícolas.
It is known that the current disposal of cotton tote bags reaches the balance of its environmental impact only after 20,000 consecutive uses. This means that it is necessary to use our tote bags daily for 54 years to compensate for the pollution from their manufacture. These and numerous other impacts resulting from the environmental crisis have become increasingly urgent and evident, as recently demonstrated by the social, political, economic and psychological consequences caused by COVID-19 around the world. Thus, new diseases like this may be increasingly recurrent if the mentality of the activities of extraction, transformation and material production associated with a model of economic development and production of urban space based on the over-exploitation of natural resources and the expansion of urban and agricultural frontiers.
A inegável demanda sustentável que vivemos hoje questiona muitos campos da ação humana, especialmente o atual sistema de economia linear, e exige uma mudança para uma economia circular em que manter produtos e materiais em uso abre precedentes para projetar formas que promovam a regeneração dos sistemas naturais e mitigação da poluição e produção de resíduos, o que implica pensar o design sustentável como uma ação capaz de promover impactos sociais, econômicos e ambientais positivos por meio de ações em escala de processos produtivos industriais e desenvolvimento de novos materiais de base biológica.
The undeniable sustainable demand that we live today questions many fields of human action, especially the current linear economy system, and demands a change towards a circular economy in which keeping products and materials in use sets precedents for designing ways that promote the regeneration of natural systems and pollution mitigation and waste production, which implies thinking about sustainable design as an action capable of promoting positive social, economic and environmental impacts through action on the scale of industrial production processes and development of new bio-based materials. 
Criado em Portugal, onde anualmente se perdem cerca de 1 milhão de toneladas de alimentos enquanto o setor têxtil é responsável por até 20% da contaminação da água doce, a principal estratégia do projeto foi utilizar a eliminação de resíduos como recurso.
No desenvolvimento do projeto, a primeira coisa foi a elaboração do biotêxtil. Iniciou-se com a exploração da composição de diversos resíduos alimentares, como borra de café, cinzas de madeira, alho, cenoura, cebola, batata, casca de ovo e amendoim, no desenvolvimento, análise e avaliação de um biotêxtil com propriedades físicas semelhantes às de um tecido, por isso foi escolhido aquele feito de casca de alho, muito típico da cozinha mediterrânea. As propriedades mecânicas deste biotêxtil são caracterizadas em comparação com outros dois tecidos comumente usados ​​em sacolas, algodão e TNT, para obter dados concretos e científicos sobre a resistência do biotêxtil. Em um segundo momento, o material obtido foi aplicado a um projeto de sacola cujo processo de design paramétrico permitiu personalizar as dimensões do produto, gerar opções de padrões geométricos e otimizar a fabricação dos moldes modulares de produção, sobre os quais se mistura o biomaterial. Após dois dias, a mistura foi desenformada e o biotêxtil de casca de alho foi costurado em forma de sacola.
Created in Portugal, where around 1 million tons of food are lost annually while the textile sector is responsible for up to 20% of the contamination of fresh water, the main strategy of the project was to use waste disposal as a resource.
In the development of the project, the first thing was the elaboration of the biotextile. It began with the exploration of the composition of various food residues, such as coffee grounds, wood ashes, garlic, carrot, onion, potato, egg and peanut hulls, in the development, analysis and evaluation of a biotextile with physical properties similar to those of a fabric, so the one made from garlic husks, very typical of Mediterranean cuisine, was chosen. The mechanical properties of this biotextile are characterised in comparison to two other fabrics commonly used in tote bags, cotton and TNT, to obtain concrete and scientific data regarding the resistance of the biotextile. In a second moment, the material obtained was applied to a tote bag project whose parametric design process allowed to customise the dimensions of the product, generate geometric pattern options and optimise the manufacture of the production modular moulds, on which the biomaterial mix. After two days, the mixture was unmolded and the garlic husk biotextile was sewn to take the shape of a tote bag.
A bolsa Sacalho foi desenvolvida em contexto académico e científico (nomeadamente no Laboratório de Desenvolvimento de Produtos e Serviços (LDPS) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP)) com o intuito de viabilizar a sua exequibilidade de fabrico e promover o surgimento de materiais alternativos de base biológica aos comumente usados com fins lucrativos no mercado, que participam do alto impacto e poluição ambiental.
Sacalho tote bag was developed in an academic and scientific context (namely at the Product and Services Development Laboratory (LDPS) of the Faculty of Engineering of the University of Porto (FEUP)) with the intention of allowing its manufacturing feasibility and promoting the emergence of alternative bio-based materials to those commonly used for profit in the market, participating in the high impact and environmental pollution.